Conheça ou relembre as principais marcas de solo nos aeródromos

Tempo de leitura: 3 minutos

As marcas no pavimento dos aeródromos são de extrema importância para a segurança de voo, pois são elas que informam aos pilotos o caminho a seguir, os limites laterais, o rumo magnético da pista etc.

Nesse texto conheceremos ou relembraremos as principais marcas e suas funções.

Marcas na pista

Cabeceira deslocada: a cabeceira da pista geralmente é deslocada quando há uma obstrução ou obstáculo próximos à cabeceira, como: fios de alta tensão, morros, construções etc. impedindo a realização do ângulo normal de planeio durante a aproximação. Uma cabeceira deslocada poderá ser utilizada apenas para taxi e decolagem.

Stopway: área reservada apenas para o uso em emergências como abortagem de decolagem, essa área é representada por setas amarelas.

Rumo magnético: são os dois números que ficam no começo de cada cabeceira, expressam o rumo magnético da pista de 10 em 10 graus, excluindo-se o último zero e arredondando para a dezena mais próxima.

Marcas na cabeceira: as faixas dispostas simetricamente em relação a linha do eixo da pista indicam a largura da pista, cada faixa representa 3.8 metros, para facilitar o cálculo, multiplique cada faixa por 4 e assim terá a largura aproximada da pista.

Center line: são faixas brancas uniformes localizadas no centro da pista com a função de guiar a aeronave mantendo-a no centro do pavimento.

Marcas da área de toque: marcas dispostas ao longo da zona de toque de uma pista com sistema de aproximação de precisão. Essas marcas consistem em pares de faixas retangulares dispostas simetricamente ao lado da centerline e indicam a distância de pouso disponível.

Marca de 1.000 ft/Aiming Point: são duas marcas retangulares localizadas a aproximadamente 300 metros da cabeceira dispostas em paralelo a centerline, serve de referência a aeronave durante a aproximação.

 

Marcas na taxiway

Center line: são faixas amarelas uniformes localizadas no centro da pista de taxi (taxiway) com a função de guiar a aeronave mantendo-a no centro do pavimento.

Marcas no ponto de espera: marcas localizadas no solo que indicam onde a aeronave deve-se manter antes de entrar na pista, há dois tipos de marcas para o ponto de espera, a padrão cuja taxiway intercepta a pista onde se executa uma aproximação visual, por instrumentos de não precisão ou de precisão (ILS Cat.1) e para a pista de decolagem e a marcação para o ponto de espera da pista onde são executados ILS Cat. 2 e 3.

Sinais mandatórios: possuem o fundo vermelho com a descrição na cor branca, esses sinais indicam a entrada de uma pista, área crítica ou proibida.

Sinais de localização: possuem o fundo preto com a descrição na cor amarela, esses sinais são utilizados para identificar onde a aeronave está.

Sinais de direção: possuem o fundo amarelo com a descrição na cor preta, esses sinais são utilizados para sinalizar a direção de determinada taxiway.

Sinais de destino: possuem o fundo amarelo com a descrição na cor preta, esses sinais são utilizados para sinalizar a direção de alguns destinos no aeródromo, como área militar, internacional, de carga etc.

Referências

Livro de Regulamento de tráfego VFR e IFR – Editora Bianch