Uma das perguntas mais frequentes que nos fazem na eBianch (o nosso site de ensino a distância na área da aviação) é sobre quais são as etapas que um piloto deve seguir para se tornar um piloto.Neste artigo tentamos mostrar de forma bem simplificada quais são estas etapas, sem entrar em muitos detalhes sobre cada uma delas. Digamos que é um “checklist” do passo a passo para se tornar um piloto comercial.

1 – Estudar para a prova teórica de Piloto Privado da ANAC. Para Piloto Privado não é necessário se matricular numa escola ou aeroclube, ou seja, o aluno pode se preparar e estudar sozinho para a prova. A maioria de nossos alunos estudam sozinhos para a prova através de nossa plataforma de ensino à distância.

2 – Realizar a prova teórica de Piloto Privado da ANAC.

3 – Realizar o exame médico, conhecido como CMA (Certificado Médico Aeronáutico). Esta etapa pode vir antes da prova da ANAC, fica a critério do aluno.

4 – Iniciar o treinamento prático (as horas de voo). Este treinamento pode ser realizado numa escola ou num aeroclube. É nesta fase que o dinheiro começa a desaparecer!

5 – Após a instrução prática o aluno realiza o voo de cheque, e, uma vez aprovado recebe a sua esperada carteira (licença) de Piloto Privado.  No entanto, para quem quer seguir carreira, a licença de Piloto Privado ainda não dá acesso a muito coisa, visto que está licença não permite ao piloto trabalhar de forma remunerada na aviação. Portanto, precisamos ir atrás da licença de Piloto Comercial!

6 – Aqui voltamos a praticamente os mesmos passos já analisados anteriormente. Para tirar a licença de PC o aluno deverá se matricular num aeroclube ou escola homologada para realizar o curso de PC. Diferente do PP, para o PC o aluno não pode estudar sozinho, há a necessidade da realização de um curso homologado.

7 – Realizar a prova teórica de Piloto Comercial da ANAC.

8 – Tirar o CMA de 1ª Classe. Esta fase pode ser feita mais próximo ao voo de cheque.

9 – Iniciar o treinamento prático. Nesta fase o dinheiro vai embora de vez, pois o aluno tem que completar cerca de 150 horas de voo, portanto, considerando que o PP foi checado com 50hs, para o treinamento prático do PC serão mais 100hs de voo, em média.

10 – Realizar o voo de cheque de Piloto Comercial.

11 – Geralmente os pilotos realizam na mesma sequência de treinamento prático do PC as horas de IFR (voo por instrumentos) e Multi (voo em aeronave multimotora), nestes casos no voo de cheque já é feita a avaliação do PC/MULTI/IFR. Em alguns casos (comigo foi assim) o piloto não tem dinheiro para realizar o treinamento de IFR e MULTI, pois são horas de voo mais caras, e fazem o cheque apenas do PC. O problema de checar apenas o PC é que o piloto apesar de poder já trabalhar como piloto numa empresa de táxi aéreo, por exemplo, fica muito limitado, pois as empresas costumam ter como mínimo o PC/MULTI/IFR.

12 – Com a licença e habilitações de PC/MULTI/IFR em mãos, o piloto já tem os requisitos mínimos para começar a procurar emprego na aviação e começar a acumular horas de voo para dar continuidade ao progresso de sua carreira.

13 – Inglês! Lá voltamos nós para o inglês. Como já falamos em outros artigos, ter o “ICAO 4” é fundamental nos dias de hoje, portanto, terminada a maratona para tirar o PC/MULTI/IFR chega a hora de se preparar para a prova ICAO.


Seria possível criar um ou mais artigos sobre cada uma das treze etapas citadas, pois cada uma traz determinadas particularidades, portanto, tenha essa sequência apenas como uma referência para você começar a compreender como funciona a formação básica de um piloto.
Na lista acima tentei simplificar a sequência de passos que um piloto deve seguir em sua formação básica, comum a praticamente todos os pilotos. Após cumprida essas etapas básicas o piloto pode incluir outros importantes cursos em seu curriculum, como o INVA (instrutor de voo) e o Jet Training.

É isso aí pessoal, agora é correr atrás dos seus sonhos!

Bons voos.

DENIS BIANCHINI

Iniciou sua carreira na aviação em 1998 e desde então acumulou aproximadamente 9.000 horas de voo. Atualmente trabalha como comandante de Boeing 737Ng. Paralelamente à aviação colabora na administração das empresas eBianch, Editora Bianch e Bianch.com, das quais é fundador. É também autor de diversos livros de ensino para pilotos.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on print
Print